Deixar de fumar e a Cessação Tabágica – Tudo o que precisa de saber

O hábito de fumar traz inúmeros malefícios para a saúde não só do fumador, mas também de todos que o rodeiam. Além do aumento no risco de doenças pulmonares crónicas, do aumento da pressão arterial e do maior índice de ocorrência de cancro, o fumador expõe todos ao seu redor aos efeitos nocivos do fumo do cigarro.  É de conhecimento geral que deixar de fumar não é uma tarefa simples, mas com esforços somados é possível superar esse desafio. Além da motivação do fumador, diversas ferramentas podem ser usadas para que o indivíduo alcance êxito na sua jornada.

Sabia que, em Portugal, o tabaco mata mais de 32 pessoas por dia e é a primeira causa de morte em ambos os sexos?

O que é a cessação tabágica

A consulta médica para a cessação tabágica é um importante aliado para o fumador abandonar o seu hábito. Nesta consulta, uma equipa multidisciplinar irá fazer uma avaliação ampla sobre os motivos e factores que levam ao ato de fumar.

Essa avaliação leva em conta a biografia do fumador, seus costumes e hábitos e visa traçar um perfil completo para que, posteriormente, seja indicada a intervenção terapêutica adequada para cada caso específico.

Nessa equipa de apoio, além do médico, outros profissionais, como um enfermeiro, um psicólogo e um nutricionista estão diretamente envolvidos para que o processo de tratamento seja completo e eficiente.

Como é que a cessação tabágica pode ajudar a deixar de fumar

Um dos principais fundamentos da cessação tabágica é a vontade e a motivação do fumador. Entretanto, na grande maioria dos casos, o indivíduo não consegue deixar de fumar apenas contando com sua vontade própria.

Para aumentar exponencialmente as probabilidade de sucesso, a equipa de profissionais da saúde tem um papel importantíssimo, pois dará suporte ao fumador e acompanhará todas as etapas do tratamento.

Atuando em diversas frentes, o fumador terá o suporte necessário para que, paulatinamente, consiga atingir o seu objetivo.Entre as ações concretas da equipa multidisciplinar de apoio estão:

  • Consultas médicas para avaliação e definição da estratégia
  • Contatos telefónicos frequentes para acompanhamento das etapas
  • Consultoria nutricional para que a alimentação seja redefinida e favoreça o tratamento
  • Tratamento da ansiedade e de outros quadros mentais que levam ao ato de fumar
  • Definição da mudança de hábitos cotidianos na residência do fumador, que irão auxiliar no tratamento
  • Definição dos medicamentos que serão utilizados no processo de cessação tabágica, a partir do perfil e das necessidades do paciente

Todo esse processo é continuado e tem duração de cerca de 12 meses. Como o tabagista é considerado um doente crónico, mesmo que deixe de fumar existirá sempre o risco de uma recaída. Por essa razão, o acompanhamento precisa de ser constante, não apenas durante os primeiros meses do tratamento, e com uma base sólida as chances de sucesso são potencializadas.

Mais Informações

Pare de fumar já hoje

Marque a sua consulta de cessação tabágica para aumentar as chances de sucesso
Mais Informações

Principais benefícios de deixar de fumar

Quando o indivíduo deixa de fumar, os benefícios são sentidos quase imediatamente. Quanto maior o tempo de abstinência, maiores as melhorias no quadro de saúde geral do paciente.

Alguns efeitos nocivos do cigarro são eliminados ou diminuídos com o passar dos anos, mas já no primeiro dia é possível perceber claramente mudanças significativas na saúde. Vejamos alguns dos principais benefícios de deixar de fumar:

  • Já nas primeiras horas da cessação tabágica, a pressão arterial e o ritmo da frequência cardíaca se estabilizam, e esse é um dos primeiros efeitos sentidos pelo paciente
  • No primeiro dia sem fumar, os níveis de monóxido de carbono no sangue diminuem e há um aumento da concentração de oxigênio na corrente sanguínea, o que é benéfico para todo o organismo
  • Em torno de 72 horas depois de parar de fumar, já é possível sentir a melhoria da capacidade pulmonar
  • O olfato e o paladar voltam a ser mais aguçados, devido à ausência do fumo do cigarro. O hálito também melhora e a tosse diminui progressivamente
  • A pele também apresenta sinais de melhorar progressiva depois da cessação tabágica, tanto no seu aspecto como na sua coloração
  • o aumento da resistência física e a sensação de cansaço comum nos fumadores desaparece
  • O risco de enfarte diminui gradualmente, à medida que o tempo de cessação aumenta
  • A cada ano sem fumar os riscos de doenças crônicas graves diminui, assim como o risco de acidente vascular cerebral, problemas cardíacos e hepáticos e de cancro de boca, pulmão, laringe e faringe

Além dos benefícios físicos, que são os mais relevantes e que garantem maior longevidade e qualidade de vida, não se pode deixar de levar em conta o benefício financeiro. Esse é um dos fatores que motivam os fumadores a deixar o hábito, já que, se somados, os valores gastos com o consumo de cigarro alcançam valores extraordinários.

Outro aspecto importante para a decisão de deixar de fumar é o familiar e social: afinal, todos os que rodeiam o fumador são atingidos direta ou indiretamente pelo seu hábito, ao deixar de fumar a sua vida quotidiana é beneficiada também no aspecto social e do convívio familiar

Porque deve confiar no médico para deixar de fumar

Na batalha que é deixar de fumar, todos os aliados são bem-vindos. A ajuda de familiares e dos amigos próximos é muito importante para que o objetivo seja alcançado. Mas o médico é o principal companheiro nessa jornada.

Além do seu conhecimento técnico e de ser o responsável por fazer o acompanhamento de todos os estágios do processo de deixar de fumar, o médico é o profissional apto a indicar o melhor tipo de tratamento e de esclarecer todas as dúvidas.

Ao deixar de fumar, a abstinência da nicotina e dos outros produtos viciantes do cigarro pode produzir efeitos desagradáveis. Esse fato leva muitos indivíduos a ter uma recaída e a retroceder em todo o processo. O médico é aquele que poderá ajudar no combate desses sintomas e apontar as soluções para que os efeitos da abstinência sejam suportáveis.

Contar com toda a ajuda possível é fundamental para que o fumador tenha êxito na sua jornada, e além de sua motivação e de sua determinação, é fundamental ter o apoio médico para que ele possa abandonar definitivamente esse hábito que anualmente vitima milhares e milhares de pessoas em todo o mundo.

By | 2017-08-18T10:24:13+00:00 Agosto 17th, 2017|Blog|0 Comments

Leave A Comment